Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Reportagem desleal de Ana Leal na TVI?

por Manuel_AR, em 12.10.16

TVI_Ana Leal.pngOntem a reportagem de Ana Leal que passou na TVI pareceu-me, desta vez, desleal, não isenta e parcial. Não foi dado qualquer esclarecimento sobre a causa para as crianças terem sido retiradas às mães. Um advogado contratado para comentar nos ecrãs o acontecimento nada disse sobre as mesmas causas, limitou-se falar nas consequências e centrou-se na crítica às leis inglesas que levaram à consequência descrita. Limitou-se a criticar a legislação inglesa que conduziu a tal ação (sem falar nas causas, repito) e a pedir a intervenção/pressão do Governo sobre as leis dum país soberano.

Como não me foram fornecidos pela reportagem, e consequente entrevista, quaisquer elementos sobre as causas de tal desumanidade exercida sobre o direito das mães portuguesas, a quem foram retirados os filhos nada se poderá dizer sobre a justeza ou não das leis inglesas que levaram a retirar as crianças às suas mães.

Para ser lido com algumas reservas poderá ser consultado um artigo de opinião sobre a mesma reportagem que será talvez mais esclarecedor, havendo, no entanto, o cuidado de se confirmar e cruzar a informação nele contida.

A decisão do tribunal pode ser vista aqui também com algumas reservas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:05


23 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2016 às 11:08

Entre TVI, TVI 24 e CMTV que venha o diabo e escolha. Em vez de tentarem fazer jornalismo serio, conseguem descer sempre um pouco mais a bitola que já roça o nojento. Talvez seja o que o publico quer, daí os records de audiências, mas que é triste,,,é.
Sem imagem de perfil

De Paulo a 13.10.2016 às 12:40

Este Anónimo deve ser Pedófilo....voce está sempre contra as crianças e seus Pais, ou estão é impotente e não consegue entender o que será o sofrimento destes Pais.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2016 às 17:02

Hum,,,deves querer alguma coisa e não sabes pedir. Sorte a minha que não estou de vermelho. Vai ver o alerta CM, com sorte ainda apareces lá.
Sem imagem de perfil

De Carlitos a 13.10.2016 às 18:53

Se o pai não andasse a vender medicamentos com base em laxantes a 500 libras a caixa a clamar que já curou 40 milhões de pessoas no mundo de Cancro e Sida, não tinham perdido a criança.
Se se tivessem apresentado no hospital em 1 das 60 vezes que foram notificados para o fazer, não tinham perdido a criança.
Se tivessem ido ao tribunal numa das 17 vezes que tiveram a audiência marcada e não ocorreu porque nem pai nem mãe nem representante compareceram, não tinham perdido a criança. A reportagem não refere nada disso...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Twitter