Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 
 José Seguro  António Costa

A campanha do Partido Socialista para as primárias tem decorrido num ambiente pouco convincente. A única coisa que António José Seguro tem feito é populismo e ataques pessoais e provocações torpes ao seu opositor. Podemos não concordar com o tipo de campanha que António Costa tem feito, mas uma coisa não se lhe pode negar, a sua honestidade política perante o seu adversário no partido.

José Seguro aguentou três anos e bateu-se com o adversário mas sem mostrar assertividade política, embora com dedicação, coisa que ele agora reivindica, sem conseguir conquistar amplamente os portugueses. Para o país parece ter sido uma espécie de braço direito da Passos Coelho na oposição e da ala do PSD que o apoia.

Não é por acaso que a direita no poder e alguns dos seus comentadores têm mostrado "simpatia" por José Seguro elogiando-o até como o grande vencedor dos debates. Deixou a fazer oposição diplomática ao Governo para fazer uma oposição a António Costa não com base em ideias mas com base a ataques pessoais e tentativas de levar para a praça pública a roupa que ele próprio suja em atos de desespero ao pensar que poderá não vir a ser primeiro-ministro. Como poderemos confiar em alguém cujos argumentos nas primárias resumem-se na sua maioria a ataques pessoais enquanto os argumentos enquanto opositor ao Governo são até agora meras aparências e sem conteúdo substancial.

António Costa tem o chamado "background" da política. Isto é, no seu percurso político já mostrou competências essenciais na capacidade de liderar, de decidir, gerir executivos, promover consensos entre adversários e comunicar e explicar a suas ideias, embora se compreenda que nesta fase, talvez por estratégia, tenha sido omisso na explicitação e pormenorização de algumas.

António José Seguro apenas consegui nesta campanha aglutinar em si mesmo um misto de sentimentos de vitimização, de arrogância e de impotência…

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:21



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Twitter