Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Senhor primeiro-ministro, por favor, não pretenda dividir os portugueses para poder “reinar” à vontade, porque outros argumentos já não tem. Não troce dos portugueses!

 

 

Passos Coelho já não diz coisa com coisa e mais grave, insiste em lugares comuns e popularuchos. Para justificar o corte de pensões e reformas a milhões de portugueses, dirigiu-se àqueles que auferem pensões milionárias que, segundo ele e conforme foi noticiado pelo pTjornal, “pedir um contributo maior aos pensionistas que têm rendimentos mais elevados – entre os quais Cavaco Silva, Bagão Félix, Manuela Ferreira Leite e outras figuras proeminentes que criticam o Orçamento – é uma questão de justiça.” Acrescenta ainda aquele jornal online que as críticas ao Orçamento, segundo Passos Coelho, resultam das perdas de rendimentos que aqueles pensionistas vão sofrer.

Pois claro, é natural, porque aquelas são as vozes que se levantam porque têm acesso aos canais de televisão e à imprensa para se manifestarem e quando falam estão também a falar por muitos outros que estão silenciados e que não têm pensões milionárias.

Cabe perguntar ao senhor primeiro-ministro: e os outros milhões de vozes, maioria silenciosa, que não se podem manifestar publicamente e que também estão a ser abrangidas pela mesma medida?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:36



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Twitter